Atualização na área da saúde: conheça a psicologia hospitalar

Publicado por Faculdade IDE em 26 de junho de 2019
Categorias:
Atualização na área da saúde: conheça a psicologia hospitalar

A psicologia hospitalar é uma das áreas da saúde que possui grande relevância. Destinado especificamente a atuar dentro de clínicas, o especialista lida com diferentes quadros que fazem parte desse contexto. Assim, em meio a uma grande dinâmica de atuação, a atualização no ramo da saúde é parte necessária aos profissionais que integram esse meio.

Doenças delicadas, cirurgias de alto risco, diagnósticos inesperados e falecimentos de entes queridos fazem parte da rotina em uma clínica. Tudo isso, muitas vezes, pode ser o estopim para o desenvolvimento de distúrbios mentais. Assim, a atuação do especialista em psicologia hospitalar é muito importante no cuidado com a saúde, em muitos casos já fragilizada, dos pacientes e seus familiares.

E então, quer conhecer mais sobre esse importante ramo de atualização na área da saúde? Nós podemos ajudar! Acompanhe o artigo e confira tudo o que você precisa saber sobre psicologia hospitalar!

A importância da atualização na área da saúde

O aperfeiçoamento profissional é necessário para o bom desenvolvimento em qualquer carreira, mas na área da saúde a atualização é ainda mais importante. Isso acontece porque, para além do dinamismo que a rotina desses profissionais demanda, lidar diretamente com a saúde das pessoas pressupõe ainda mais cuidados e responsabilidades.

Dessa forma, dentre as carreiras que um psicólogo pode aderir, a psicologia hospitalar é uma especialidade de destaque para atualização no ramo. O aprimoramento nessa área é de grande relevância para o bom funcionamento dos centros de saúde e o suporte dado para a equipe hospitalar no cuidado e recuperação dos pacientes e seus familiares é fundamental para o êxito dos atendimentos.

As atribuições do especialista em psicologia hospitalar

O trabalho do psicólogo hospitalar é especialmente direcionado para a assistência integral ao paciente hospitalizado e aos seus familiares. Dessa forma, o restabelecimento da saúde do enfermo ou o controle dos sintomas que comprometem o seu bem-estar devem ser prioridades do profissional.

Para a melhor compreensão da abrangência da atuação profissional do especialista em psicologia hospitalar, citaremos algumas das atribuições do ramo, acompanhe!

Realizar a avaliação psicológica dos pacientes

Uma das funções básicas do especialista é realizar a avaliação psicológica dos pacientes. A partir daí, ele terá o melhor direcionamento para o encaminhado mais acertado da solução dos problemas verificados.

Com a avaliação dos pacientes, o psicólogo poderá estimular a expressão das emoções, reestruturar pensamentos disfuncionais e auxiliar no enfrentamento das enfermidades, no desenvolvimento de estratégias comportamentais e na comunicação adequada.

Prezar pela aplicação da psicologia médica

As práticas de ação profissional em um ambiente hospitalar não são usadas somente na psicologia convencional, é importante lembrar da aplicação na psicologia médica. Ela se entende como um estudo das questões psicológicas, tendo em vista o estado de saúde do paciente em seu sentido mais amplo, destacando também a sua saúde orgânica. Assim, os aspectos psicológicos são tratados e percebidos sempre associados à saúde física.

A aplicação da psicologia médica nesse contexto é fundamental, porque a pessoa hospitalizada é diferente daquela que procura um consultório de psicologia. Esses pacientes têm uma demanda psicológica específica. O estresse pós-traumático, a internação e as limitações físicas repentinas podem levar a distúrbios mentais transitórios e específicos. O papel do psicólogo hospitalar, nesse sentido, é essencial para o restabelecimento integral da saúde do paciente.

Realizar acompanhamento junto à família do paciente

Realizar um acompanhamento psicológico junto à família do paciente é de fundamental importância para que o enfermo tenha o acolhimento necessário em sua integral recuperação. Além disso, trata-se de um trabalho de humanização, em meio ao suporte no enfrentamento de circunstâncias delicadas e dolorosas.

A família pode vivenciar momentos de crise, frente à impotência diante do estado de saúde de seu ente querido: o temor pelo falecimento, a dificuldade de compreensão, a distância imposta pelo ambiente de uma clínica de tratamento, entre tantos outros sentimentos que suguem do momento do acompanhamento da dor de seu próximo. Assim, o psicólogo hospitalar tem papel importantíssimo para levar ao melhor direcionamento desses contextos.

Auxiliar a equipe médica

A atuação profissional de um psicólogo hospitalar não se restringe somente ao trato com os pacientes e seus familiares, ela também abrange os colegas profissionais que integram sua equipe de trabalho. Dessa forma, quando necessário, eles podem ajudar a contornar problemas que são recorrentes no dia a dia com pacientes problemáticos e outras situações difíceis.

Além disso, ele deverá levar a conscientização da importância do trabalho multidisciplinar para a área da saúde. O auxílio à equipe médica ajuda no entendimento das funções e dos objetivos de cada membro, orientando a comunicação entre os pacientes, os familiares e a equipe. Dessa maneira, com as percepções das singularidades de cada enfermo, é possível otimizar o trabalho, desenvolvendo ações em conjunto com os outros profissionais.

Intermediar conflitos na equipe

Nas instituições de saúde, é necessário que as funções profissionais de cada componente da equipe sejam claramente definidas. A indefinição pode gerar conflitos e atrapalhar o bom desenvolvimento do trabalho. 

Para que o potencial conflitivo seja minimizado, o psicólogo hospitalar interage também dentro de sua própria equipe. Dessa forma, é possível fazer a intermediação de conflitos e debater resoluções e boas práticas por meio de palestras e treinamentos relacionados a liderança e decisões, valores de respeito e confiança, flexibilidade e definição de objetivos. Assim, o trabalho em equipe será muito mais valoroso e refletirá no cuidado com os pacientes.

A psicologia hospitalar é uma atualização imprescindível para o bom estabelecimento de todas as funções que integram a área da saúde. A atuação de um especialista é essencial para o alcance do bem-estar dos pacientes, harmonizando a relação entre equipe médica e familiares do enfermo e garantindo que os colaboradores envolvidos estejam alinhados sobre os próximos passos do tratamento.

Dessa maneira, o profissional que deseja desenvolver sua carreira na área da saúde vislumbrando uma atualização de importante relevância para o contexto hospitalar pode optar por fazer uma especialização em psicologia da saúde.

E aí, gostou do artigo? Ficou interessado em saber como especializar-se na área? Então, confira todas as informações sobre o nosso curso de psicologia hospitalar!