Fisioterapeuta esportivo: como se tornar um profissional de sucesso?

Publicado por Faculdade IDE em 17 de julho de 2019
Categorias:
Fisioterapeuta esportivo: como se tornar um profissional de sucesso?

Existem diversas áreas que estão em franco crescimento e oferecem excelentes perspectivas de lucratividade, o que é muito importante em um segmento tão competitivo quanto o da área de saúde. Definitivamente, o fisioterapeuta esportivo é uma dessas opções, e com uma excelente demanda no mercado atual.

Antigamente, nem sempre esse especialista era valorizado do jeito que deveria, mas o cenário mudou e, nos dias de hoje, com esforço e estudo, você pode ter muito sucesso nessa carreira. Confira o conteúdo a seguir e descubra como fazer isso!

O que é um fisioterapeuta esportivo?

O fisioterapeuta esportivo é o profissional de saúde que atua, como o próprio nome já diz, na área da fisioterapia esportiva, que é uma especialidade voltada para o tratamento de atletas e praticantes de atividades físicas, assim como a prevenção e a abordagem de lesões, disfunções, quadros de desequilíbrio muscular ou traumatismos.

Independentemente de ser um profissional ou amador, quem realizar exercícios de uma maneira constante e programada tem um corpo diferente de uma pessoa sedentária, o que exige alguns cuidados bem específicos. Por isso, o fisioterapeuta desportivo deve ter extensos conhecimentos sobre esse assunto.

É preciso, além de dominar os temas básicos da anatomia humana, se aprofundar nas disciplinas de cinesiologia, treinamento resistido, fisiologia aplicada às lesões e muito mais. Para isso, existem cursos específicos considerando o ramo ou as subespecialidades similares e complementares, como a fisioterapia neurofuncional.

Por que a fisioterapia desportiva é importante?

Nos últimos anos, a fisioterapia desportiva vem ganhando mais espaço, trabalhando lado a lado com a medicina e outros campos da área de saúde. Cada vez mais, a sociedade vem percebendo a importância de manter uma vida saudável e isso fez com que a prática de atividades físicas acontecesse em maiores intensidades.

Além disso, o esporte profissional também está atingindo valores incríveis e é impossível imaginar alguma equipe que não conte em seu quadro com a figura do fisioterapeuta desportivo. Um atleta pode custar milhões para um time, é natural que se utilize a ciência a fim de que ele fique saudável por mais tempo e tenha a sua melhor performance.

Isso aumenta o mercado de trabalho e confere um número muito maior de cargos de boa remuneração, não apenas em clubes, como também em clínicas e nos demais estabelecimentos de saúde. É comum, inclusive, vermos a imprensa ressaltar a importância desse profissional, que está ligado ao mundo midiático do esporte.

Como se tornar um fisioterapeuta esportivo?

Agora que já aprendeu um pouco mais sobre a fisioterapia desportiva, você deve estar pensando de que maneiras é possível, de acordo com a nossa legislação, atuar nesse campo tão promissor. Antes de mais nada, é necessário completar a graduação em fisioterapia, em um curso reconhecido pelo MEC, e ser inscrito no Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (CREFITO).

Depois, é preciso se especializar. Você pode escolher essa pós-graduação propriamente dita ou então optar por um curso com assuntos similares e complementares. Isso permitirá que as suas habilidades técnicas e humanas sejam ampliadas, para atuar em áreas afins. São muitas as competências e, por isso, o conhecimento nunca é demais!

Outra possibilidade é a realização do Exame para Concessão de Título de Especialista Profissional, oferecido pelo COFFITO e feito em parceria com as associações de especialidades.

Quais as características de um fisioterapeuta desportivo?

Um fisioterapeuta desportivo precisa ser dotado de uma série de conhecimentos técnicos importantes em disciplinas complexas, que vão da anatomia e da fisiologia humana, passam pela cinesiologia e biomecânica e chegam até a abordagem terapêutica de traumas e lesões oriundas das atividades físicas.

Por essa razão, uma das qualidades necessárias para atuar nesse ramo é ter hábitos saudáveis de estudo e não desistir diante das dificuldades. É preciso muito empenho para trabalhar em alto nível e organização a fim de atingir suas metas. Além disso, agir com ética e oferecer o melhor para os pacientes também é algo fundamental.

Qual é o papel do fisioterapeuta desportivo no esporte?

O fisioterapeuta, na realidade, independentemente da sua especialidade, sempre será um profissional imprescindível e de suma importância para a recuperação de qualquer atleta ou praticante de atividades físicas. Quem estiver atento para essa realidade e melhor preparado, portanto, terá mais chances de ter sucesso durante a sua carreira.

Cada modalidade exige uma atenção especial e um tratamento adequado em cada caso. Os traumas e lesões ao qual um jogador de futebol é exposto, por exemplo, são completamente diferentes do que um nadador pode experimentar, que, por sua vez, são distintos em relação a um praticante de vôlei de praia ou um tenista amador.

Atividades com maior impacto, em linhas gerais, oferecerão maiores possibilidades de desencadear problemas mais severos, sobretudo nas articulações. Além disso, devem entrar nessa equação a execução de movimentos repetitivos e também o tipo de piso, como a areia ou os gramados sintéticos.

Qualquer que seja o problema que aconteça, se ele não for investigado e tratado, poderá evoluir para um quadro mais sério, como uma tendinopatia, uma fratura por estresse ou mesmo uma artrite. O papel do fisioterapeuta, portanto, é evitar que isso ocorra, otimizar o funcionamento do corpo do esportista e deixá-lo o mais sadio possível.

Por que trabalhar com fisioterapia desportiva?

Além das excelentes possibilidades de bons cargos e altos salários, sobretudo em clínicas especializadas e clubes profissionais, existem outras razões para se tornar um fisioterapeuta desportivo. É uma área recompensadora, na qual há um imenso prazer em ver um atleta, profissional ou amador, retornando bem as suas atividades.

Além disso, para quem gosta de estudar, também é um campo que está em constante evolução e utiliza a tecnologia mais moderna a fim de proporcionar tratamentos mais eficientes e perfeitamente direcionados para cada caso. Com uma boa formação e o preparo adequado, você pode experimentar um sucesso tremendo nesse segmento!

Como você pôde ver no conteúdo acima, o fisioterapeuta desportivo é um profissional muito importante, que tende a ter o seu valor cada vez mais reconhecido na nossa sociedade!

Gostou de aprender um pouco mais sobre a atuação do fisioterapeuta esportivo e como você pode se tornar um profissional de sucesso nessa área? Então não deixe de assinar gratuitamente a nossa newsletter!