Onde usar a nota do Enem para garantir uma vaga no ensino superior?

Publicado por Faculdade IDE em 1 de junho de 2020
Categorias:
Onde usar a nota do Enem para garantir uma vaga no ensino superior?

Ainda não sabe onde usar a nota do Enem? O Exame Nacional do Ensino Médio é uma prova de 90 questões aplicada anualmente, cuja principal finalidade é o ingresso de diversos alunos no ensino superior.

Realizado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), em sua última edição, teve quase 4 milhões de pessoas prestando o exame em todo o país, sendo mais de 5 milhões de inscritos.

Isso mostra a importância dessa prova para o futuro de muitos alunos, especialmente aqueles que querem garantir uma vaga no ensino superior. Apesar de sua edição 2020 ter sido adiada, por conta da pandemia da Covid-19. É muito importante saber como usar a nota do Enem para fazer uma graduação. Acompanhe este post e veja as principais maneiras de aproveitar a sua pontuação para conquistar seus objetivos.

SISU

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é um dos principais meios de cursar o ensino superior em uma universidade pública. Diversas instituições federais e estaduais abrem as suas portas a cada semestre para que novos alunos sejam selecionados por meio da nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio.

A inscrição no Sisu é feita on-line, em um site criado pelo MEC (Ministério da Educação). Com o seu número de inscrição no Enem e a senha cadastrada no site do Inep, é possível obter os seus dados e as suas notas de cada competência avaliada pela prova.

Desse modo, as universidades dispõem das informações básicas dos cursos que aceitam inscrições (cidade, campus, turno, entre outros), os seus requisitos e o número de vagas para cada um. De acordo com a quantidade de inscritos e a pontuação de cada um deles, é calculada a nota de corte.

Sendo assim, se você obteve uma pontuação acima dessa estimativa e está em uma posição dentro da quantidade de vagas (por exemplo, 30° posição de 40 vagas), ao fim do período do Sisu, você é convocado para realizar a sua matrícula.

É interessante ressaltar que praticamente todas as instituições inscritas no sistema oferecem diversas cotas para ingresso, que precisam ser atestadas durante a matrícula, como:

  • raciais (para pretos, pardos e indígenas);
  • pessoas com deficiência (PcD);
  • alunos de baixa renda;
  • estudantes que cursaram o ensino médio em escola pública;
  • alunos que cursaram o ensino médio em escola privada, porém, com bolsa integral.

As inscrições para o Sisu costumam acontecer no início do ano, em janeiro, para ingresso no primeiro semestre, e no meio do ano, aproximadamente em junho, para ingresso no segundo semestre. Por isso, fique atento aos editais, caso queira aproveitar a sua nota do Enem nessa modalidade e começar o ensino superior.

ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) é uma iniciativa governamental que visa o acesso ao ensino superior privado de maneira mais inclusiva. Para isso, são concedidas bolsas parciais ou integrais aos alunos com interesse em se inscrever em um curso de graduação de uma instituição de ensino particular.

A nota do Enem mais recente é utilizada como forma de seleção entre os inscritos. Além disso, é necessário que o aluno atenda a todos os requisitos exigidos pelo programa e pela instituição, como:

  • ter a nota mínima no Enem;
  • obter renda familiar mensal de até 3 salários mínimos per capita;
  • ter cursado o ensino médio em escola pública, ter cursado o ensino médio em escola privada com bolsa integral, ser professor da rede pública de ensino ou ser PCD — é preciso atender a somente um desses critérios.

Durante as inscrições, o indivíduo pode escolher até 5 cursos disponíveis, de acordo com os critérios anteriores. Com isso, semelhante ao Sisu, será avaliada a sua posição entre os demais candidatos, conforme a nota conquistada no Enem.

Além disso, depois de se matricular, o aluno precisa ter 75% de aproveitamento de cada período. Isto é, é necessário que ele seja aprovado em, pelo menos, 75% das disciplinas de cada semestre para permanecer com a bolsa.

Substituir o vestibular

Você sabia que muitas instituições de ensino aceitam a nota do Enem no lugar do vestibular, sem ser por meio do Sisu ou do ProUni? Desse modo, apenas realizando o exame, não é necessário fazer a prova de seleção da faculdade escolhida.

No entanto, antes de tudo, leia o edital de seleção da instituição que você deseja ingressar para ter certeza de que ela aceita a nota do Enem para substituir o seu vestibular. Além disso, verifique se não há outras etapas do processo seletivo para se inscrever no curso de interesse.

Complementar nota para ingressar em faculdade

Algumas instituições, públicas ou privadas, não substituem o vestibular pela nota do Enem, porém, podem usá-la para complementar a pontuação do aluno. Sendo assim, o desempenho obtido no exame seria empregado como um bônus para esse processo seletivo, aumentando as chances de aprovação no vestibular.

FIES

Existe outra iniciativa governamental que utiliza a nota do Enem. Esse é o caso do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), realizado pelo Governo Federal. Ele oferece juros menores e parcelas mais acessíveis que os demais empréstimos estudantis encontrados no mercado.

Além disso, as regras desse programa permitem que o aluno comece a pagar o empréstimo apenas após finalizar o curso ou depois de conseguir um emprego. A nota do Enem pode ser aplicada para conseguir crédito estudantil para fazer um curso em uma instituição de ensino superior privada, desde que ela:

  • aceite o Fies;
  • seja presencial;
  • tenha, pelo menos, nota 3 no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

Faculdade IDE

A Faculdade IDE é reconhecida por oferecer ótimos cursos na área da saúde e ter um ensino de qualidade, focado na formação de profissionais aptos para exercer as suas funções com excelência. Para se inscrever, você pode optar por diversas modalidades de ingresso, como:

  • usar a nota do Enem, sem precisar prestar vestibular — podendo ainda receber 50% de desconto nas mensalidades do curso;
  • realizar o vestibular tradicional e concorrer a bolsas de 100%;
  • fazer o vestibular agendado e escolher o melhor dia para você;
  • transferir a sua matrícula de outra instituição;
  • começar a próxima graduação sem precisar realizar novamente o vestibular.

Atualmente, iniciar uma formação profissional é muito mais acessível, as alternativas de onde usar a nota do Enem abrem portas para inúmeras oportunidades de ingresso no ensino superior. Por isso, aproveite para realizar o exame e iniciar a sua graduação na Faculdade IDE.

Gostou deste post? Então compartilhe-o nas suas redes sociais para que os seus seguidores também saibam onde usar a nota do Enem!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Redimensionar Fonte
Contraste