5 áreas de atuação do nutricionista que você precisa conhecer

Publicado por em 22 de fevereiro de 2019
Categorias:
5 áreas de atuação do nutricionista que você precisa conhecer

A cada dia mais pessoas têm consciência da importância de uma boa alimentação para manter a saúde e melhorar a qualidade de vida. Essa mudança na mentalidade social torna as possibilidades de área de atuação do nutricionista cada vez mais amplas.

Afinal, esse profissional está apto para atuar em campos nos quais o conhecimento sobre alimentos e nutrição são fundamentais para a recuperação, promoção de saúde e prevenção de doenças.

O nutricionista é amparado pela lei regulamentadora da profissão para exercer suas funções em áreas que vão além de consultórios, como escolas, academias, hospitais, clínicas e indústrias.

A seguir, separamos 5 áreas de atuação do nutricionista que merecem destaque no mercado atual. Continue a leitura para saber qual delas se encaixa melhor no seu perfil!

1. Nutrição clínica

Manter-se atualizado permite que o profissional tenha mais opções em seu segmento, e com a nutrição não é diferente. Uma pós-graduação na área da saúde pode ser um grande diferencial para o crescimento profissional e atuação em campos específicos.

O especialista em nutrição clínica atua prestando assistência completa na alimentação dos pacientes e promovendo bem-estar, buscando resolver problemas nutricionais específicos que aparecem a cada etapa da vida, desde o período gestacional até o envelhecimento.

Realiza diagnósticos nutricionais, tratamentos dietoterápicos na intenção de promover a saúde, prevenir doenças e manter o estado nutricional. O profissional que busca essa especialização está apto para atuar nos seguintes níveis:

  • gastronomia funcional;
  • nutrição na gestação e lactação;
  • nutrição no recém-nascido e primeiro ano de vida;
  • nutrição na idade pré-escolar, escolar e adolescência;
  • nutrição em adultos;
  • nutrição magistral;
  • nutrição imunológica;
  • nutrição em doenças cardiovasculares e renais;
  • nutrição em idosos, e muitos outros.

2. Indústria de alimentos

Nas indústrias de suplementos alimentares e alimentos, o trabalho do nutricionista envolve o desenvolvimento de produtos, testes de novos itens, controle de qualidade e produção, treinamento e consultoria.

O profissional também pode desenvolver estudos experimentais para novos gêneros alimentícios e participar do aprimoramento de produtos já introduzidos no mercado de consumo. Veja outras funções que podem ser desempenhadas por nutricionistas dentro de indústrias:

  • rotulagem;
  • análise sensorial de produtos;
  • assuntos regulatórios;
  • relações institucionais;
  • marketing interno e externo.

Diante de tantas funções, é evidente a necessidade da indústria de alimentos de buscar profissionais especializados na área de nutrição para garantir o seu lugar no mercado de consumo. Por isso, há uma valorização dos nutricionistas com pós-graduação em indústrias alimentícias.

Um requisito para atuar nessa área é fazer trabalhos laboratoriais, realizando pesquisas e manter-se sempre atualizado quanto à necessidade do lançamento de novidades que agradem o consumidor.

3. Nutrição esportiva

A nutrição esportiva é uma especialização que vem conquistando os nutricionistas. Nessa área, o profissional está ligado à função de planejar cardápios nutritivos, visando aumentar o rendimento de atletas e atendendo às necessidades nutricionais individuais.

O auxílio de uma alimentação adequada para que o atleta atinja alto nível de rendimento é essencial, caso contrário, podem prejudicar sua saúde e carreira com o uso de produtos nocivos.

Os principais lugares de atuação desse profissional são clubes com atletas de alto desempenho, participantes de competições em modalidades esportivas como ginástica, futebol, atletismo, natação e outras.

No entanto, também é comum atuarem em academias, spas e centros estéticos, atendendo pessoas que procuram cada dia mais uma alimentação saudável, aliada à prática de atividades físicas. O profissional que almeja atuar nessa área deve manter-se atualizado e investir em qualificação para se destacar no mercado de trabalho.

4. Nutrição e obesidade 

A obesidade é uma doença que atinge 1 em cada 5 adultos, tornando o profissional especialista em obesidade e emagrecimento cada vez mais requisitado. O nutricionista é o profissional mais habilitado a realizar uma transformação alimentar na vida do paciente.

Ele deverá desvendar os fatores ambientais e genéticos que representam a tendência à obesidade em todas as fases da vida do paciente, evitando omitir a responsabilidade no tratamento e estabelecendo relação de parceria e cumplicidade. 

Além disso, vai estudar e avaliar as causas da obesidade e adaptar a dieta apropriada à rotina do paciente, auxiliando-o e encorajando-o a melhorar seus hábitos, na intenção de evitar o desenvolvimento de doenças e melhorar o quadro de saúde quando elas já estiverem instaladas.

Desenvolve reeducação e educação alimentar, já que, em muitos casos, os pacientes nunca tiveram uma alimentação adequada. Seu papel também é de educador, instruindo pacientes e familiares sobre a qualidade da alimentação, fontes de energia e alimentos que podem prejudicar a saúde.

O profissional ainda atua no acompanhamento de pacientes que se submetem à cirurgia bariátrica (método cirúrgico para controle da obesidade). Com a alteração do volume gástrico, é comum o indivíduo apresentar deficiência de macro e micronutrientes.

O nutricionista acompanha o paciente em três etapas: pré-cirúrgico (corrigindo carências vitamínicas para melhorar a recuperação e cicatrização e melhorando hábitos alimentares), pós-cirúrgico imediato (observação e orientação da evolução da dieta) e educação alimentar contínua, em que paciente e profissional caminham juntos para alcançar e manter a perda de peso de uma maneira saudável, sem carências e intercorrências. 

5. Fitoterapia

A fitoterapia é uma ciência de origem chinesa, utilizada como método curativo e reconhecida por muitas classes profissionais. Utiliza plantas medicinais de origem exclusiva na natureza em suas diferentes preparações como tratamento e cura.

Apesar de ser responsável pelo desenvolvimento de medicamentos fitoterápicos, a fitoterapia se difere desse método. Enquanto medicamentos fitoterápicos são elaborados a partir de extratos e concentrados de vegetais, a fitoterapia, no que lhe diz respeito, utiliza ingredientes totalmente naturais no tratamento das doenças.

A Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária) reconheceu em sua Resolução da Diretoria Colegiada 10/2010 os efeitos terapêuticos e definiu formas de uso, contraindicações, efeitos adversos e posologia de inúmeros fitoterápicos.

A nutrição, quando aliada à fitoterapia clínica, consegue dividir os conhecimentos sobre nutrientes em suas funções para auxiliar no tratamento de inúmeras doenças que podem ser controladas, e até mesmo curadas, por esses meios.

O CFN (Conselho Federal de Nutrição) regulamentou a prescrição fitoterápica em formas farmacêuticas para profissionais nutricionistas em 2007. Em 2013, foi emitida a resolução 525, responsável por regulamentar a prática fitoterápica por nutricionistas, atribuindo-os competência para prescrever, nas modalidades específicas, drogas vegetais, plantas medicinais e fitoterápicos como complemento na prescrição dietética. Determinando assim:

  • Nutricionista sem especialização: apto somente a prescrever plantas medicinais e drogas vegetais em formas farmacêuticas (chá ou macerado exclusivamente);
  • Nutricionista especialista e pós-graduado: apto a prescrever fitoterápicos e preparações magistrais em formas de infuso, cápsulas, drágeas, pastilhas, óleo e qualquer outra forma farmacêutica.

Você pôde perceber que a área de atuação do nutricionista é muito ampla, e são muitos os cursos disponíveis para garantir o desenvolvimento profissional e se preparar para o mercado de trabalho. Escolha a especialização que corresponda ao seu perfil e tenha sucesso e ascensão profissional fazendo o que mais gosta!

Gostou deste post? Que tal seguir nossas páginas nas redes sociais para ficar por dentro de novidades e mais publicações? Estamos no Facebook, Instagram e no Twitter!

Posts relacionados