Todas as cidades

Blog

Dia da Imunização

Conheça o dia da imunização, entenda como é importante estar imunizado e descubra quais vacinas estão disponíveis gratuitamente pelo SUS! Leia o texto completo.

Dia da Imunização

No dia 9 de junho, é comemorado o dia da imunização,  com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da vacinação em todas as fases da vida. Atualmente, devido a situação que estamos vivendo por conta da pandemia do novo Coronavírus, falar sobre esse assunto é necessário. 

Por isso, no dia da imunização, você entenderá como é importante estar imunizado. Além disso, ficará sabendo sobre as vacinas disponíveis gratuitamente pelo SUS, e conhecerá mais detalhes sobre a vacina que previne a covid-19 e suas reações.

Importância da imunização

A imunização é muito importante, em todas as fases da vida, pois é a forma mais eficaz de prevenir doenças contagiosas graves. Consequentemente reduzindo as taxas de mortalidade, evitando o colapso do sistema de saúde e a lotação de leitos. Inclusive, já foi responsável por erradicar algumas doenças, como a varíola em 1973 e a poliomielite em 1989.

E como funciona a imunização? Através da vacinação!  De forma resumida, as vacinas agem incentivando o organismo a produzir respostas imunológicas contra determinada doença, produzindo dessa maneira, anticorpos para combatê-la. 

Vacinas disponíveis no Brasil pelo SUS

No dia da imunização, não poderíamos deixar de celebrar o SUS. Afinal, graças ao Sistema Único de Saúde, o Brasil tem um dos maiores sistemas de imunização gratuito do mundo.  Dessa forma, muitas vacinas são oferecidas gratuitamente para a população. Anualmente, são realizadas campanhas de vacinação em todo o território nacional para proteger as pessoas. 

De acordo com informações  da Sbim - Sociedade Brasileira de Imunização, nos últimos anos, a recusa ou hesitação à vacinação  aumentaram, fazendo com que as taxas de coberturas vacinais estejam diminuindo em todo o país. Isso é preocupante, pois a vacinação é uma maneira segura, e cientificamente comprovada de proteger a saúde da população. Portanto, é fundamental conhecer e divulgar entre amigos e familiares, a importância da vacinação, assim como desmistificar notícias falsas que por vezes circulam pela internet. 

O SUS, disponibiliza de mais de 18 vacinas de maneira gratuita, confira as principais delas:

  • BCG;
  • Hepatite B;
  • Pentavalente (DTP+ Hib+Hepatite B);
  • DTP;
  • VIP;
  • VOP;
  • Pneumocócica 10 valente;
  • Meningocócica C;
  • Meningocócica ACWY;
  • Hepatite A;
  • Tríplice viral;
  • Tetra viral;
  • Varicela;
  • Influenza;
  • HPV.

Vacinas que previnem o coronavírus

Não podemos falar sobre o dia da imunização sem falar sobre a pandemia do novo Coronavírus. Por isso, é importante saber que, além das citadas acima, também são disponibilizadas vacinas que previnem o coronavírus. No entanto, a distribuição dos imunizantes para a população varia de acordo com cada cidade. 

AstraZeneca

A imunização desta vacina ocorre por meio de  um vetor viral, que por sua vez contém outro vírus atuando como vetor com uma pequena carga de Sars-CoV-2, estimulando assim, a produção de anticorpos. Após duas doses administradas por via intramuscular, com intervalo de aproximadamente 90 dias, é possível conseguir eficácia de aproximadamente 63,09% contra a infecção sintomática pelo SARS-CoV-2.

É comum aparecerem reações adversas nos primeiros dias, após a primeira dose, sendo as principais:

  • dor ou sensibilidade no local da injeção;
  • dor de cabeça e fadiga);
  • dor no corpo e mal-estar;
  • febre e calafrios;
  • dor nas articulações e náusea;
  • sonolência;
  • diarréia.

CoronaVac

O imunizante foi desenvolvido a partir de um vírus inativo que, quando injetado no organismo, estimula a criação de anticorpos. Sua aplicação ocorre com duas doses,com intervalo de 21 dias. Através de seu uso,  previne-se em 51% das doenças sintomáticas e 100% de casos graves de coronavírus.

Algumas reações adversas causadas pela vacina:

  • dor de cabeça;
  • cansaço;
  • dor no local da aplicação. 

Pfizer

Por se tratar de uma vacina gênica, a  Pfizer aplica uma parte do código genético viral do Sars-CoV-2 no organismo, estimulando o organismo a produzir a proteína do vírus, para então, criar uma resposta imunológica. A imunização é realizada através da aplicação de duas doses com intervalo de 90 dias. De acordo com estudos de efetividade, a Pfizer reduz em aproximadamente 51,4% os casos de coronavírus, entre o 13º e o 24º dia após a primeira dose. 

Assim como as outras vacinas, a Pfizer também apresenta efeitos colaterais, confira:

  • dor de cabeça;
  • fadiga e febre;
  • dor no local da aplicação.

É importante lembrar que os efeitos colaterais são resultado da resposta do seu sistema imunológico. Mas isso não quer dizer que  você está com COVID-19, portanto não se preocupe.

Aproveite o dia da imunização para verificar se o seu calendário de vacinação está em dias. E não se esqueça de procurar informações sobre a vacinação contra a covid-19, ela já começou e apesar dos grupos que estão sendo vacinados variarem de cidade para cidade, pode ser que para você, a vacina já esteja disponível! Procure informações com a prefeitura da sua cidade e vamos juntos promover a conscientização sobre o dia da imunização!

 

Comentários

Posts relacionados

TODOS OS POSTS