Afinal, qual a importância da gestão de pessoas na saúde? Confira o post!

gestão de pessoas na saúde é um dos principais motivos de sucesso de uma organização hospitalar ou clínica. Nesse sentido, é muito importante estar atento às necessidades de seus colaboradores para que eles possam se sentir motivados a entregar o seu melhor. Corroborando com o intuito de oferecer um excelente atendimento aos pacientes, proporcionando, assim, uma ótima experiência para todos os envolvidos.

A gestão de pessoas na saúde é um dos principais motivos de sucesso de uma organização hospitalar ou clínica. Nesse sentido, é muito importante estar atento às necessidades de seus colaboradores para que eles possam se sentir motivados a entregar o seu melhor. Corroborando com o intuito de oferecer um excelente atendimento aos pacientes, proporcionando, assim, uma ótima experiência para todos os envolvidos.

Isso significa que quanto mais a gestão de pessoas na saúde for eficiente, maiores são as chances de reter os talentos. Consequentemente, gerando o merecido destaque em seu segmento.

A seguir, mostramos por que a gestão de pessoas na área da saúde é tão importante e quais são as atribuições de um líder. Confira!

Qual a importância da gestão de pessoas na saúde?

A gestão de pessoas tem um impacto direto nos resultados do setor da saúde. isso porque assim como em qualquer outro empreendimento, o sucesso somente se tornará realidade por meio de um trabalho em equipe bem-feito. Quando os seus colaboradores estão motivados, eles conseguem desenvolver melhor as suas atividades. Dessa maneira oferecendo aos pacientes um atendimento de excelência e, em consequência disso, possibilitam ao hospital ou clínica um ótimo equilíbrio financeiro.

O papel do gestor é muito importante nesse momento. Ele precisa alinhar a sua visão estratégica ao seu conhecimento técnico, a fim de incentivar as equipes a alcançarem as metas estabelecidas sem a necessidade de pressioná-las para chegar a esse fim.

É válido destacar que é extremamente importante que a gestão de pessoas seja aplicada desde a seleção dos novos funcionários até acompanhamento da sua rotina. Afinal, é preciso que eles entendam os objetivos da instituição de saúde, pois eles fazem parte da visão estratégica da organização.

Quais as atribuições do líder no âmbito hospitalar?

Até agora, você entendeu porque a gestão de pessoas é tão importante na área da saúde. Em seguida você também precisa entender quais são as principais atribuições do líder no âmbito hospitalar. Acompanhe!

Ter uma comunicação aberta

A comunicação é a base para que qualquer relacionamento tenha sucesso. Quando nos referimos à atribuição de um líder no âmbito hospitalar, ela se faz ainda mais importante. Uma comunicação efetiva reduz a possibilidade de erros e faz com que os pacientes se sintam mais seguros no momento da consulta. 

Como nesses ambientes os profissionais lidam diretamente com o bem-estar das pessoas, um simples deslize pode acarretar em consequências graves, tanto para a saúde física do paciente quanto para a saúde mental do profissional da saúde.

Levando isso em consideração, podemos afirmar que uma comunicação eficiente é indispensável no ambiente hospitalar. Seja nas trocas de plantão das equipes, seja nos registros de prontuários de pacientes

Nesse sentido, também é importante ressaltar que a comunicação precisa ser clara e objetiva, evitando ao máximo as ambiguidades ou qualquer outro tipo de ruído. A fim de que o atendimento prestado seja eficiente, qualificado e seguro aos pacientes.

Estabelecer vínculos relacionais

Manter um bom relacionamento entre as equipes de trabalho é indispensável para possibilitar um atendimento de qualidade. Nesse sentido, uma liderança democrática é essencial para manter um bom clima organizacional, fazendo com que todos trabalhem alinhados e com o mesmo objetivo.

Promover evento internos que visam a aproximação entre os colaboradores é uma prática interessante e que gera bons resultados. Isso porque, durante o expediente, dificilmente as pessoas têm liberdade para se conhecerem melhor, principalmente no âmbito hospitalar em que a atenção nas atividades precisa ser redobrada.

Com uma equipe mais harmoniosa e unida, é possível otimizar os processos internos e fazer com que todos os colaboradores tenham uma boa experiência no ambiente de trabalho, diminuindo a rotatividade de pessoal e os índices de absenteísmo.

Desenvolver a equipe

Criar ações para aperfeiçoar o desenvolvimento das equipes na área da saúde é fundamental para atrair mais pacientes e, inclusive, tornar a clínica ou hospital uma referência em seu segmento.

Nesse sentido, é importante é preciso se preocupar com:

  • a organização: quando cada colaborador sabe qual é o seu papel dentro de uma instituição hospitalar, ele consegue se empenhar para entregar aquilo que é esperado, sem precisar interferir nas atividades de outros profissionais. Dessa forma, a entrega se torna mais acertada e os retrabalhos são reduzidos;
  • a confiança: ao estimular a confiança entre as equipes, é possível fazer com que esses profissionais colaborem uns com os outros, compartilhando informações, ideias e experiências importantes para o bom desenvolvimento da instituição;
  • a avaliação e o feedback: avaliar as atividades realizadas e fornecer um feedback construtivo é fundamental para mostrar aos colaboradores os pontos de atenção. Assim, todos podem trabalhar para melhorar os resultados e até mesmo para encontrar soluções eficientes para determinados problemas.

Promover a motivação

A motivação contribui para que as equipes sejam mais ativas e comprometidas com os seus resultados. Sendo assim, reconheça os bons trabalhos. Essa é uma maneira eficiente de estreitar a relação entre o gestor e os colaboradores e, consequentemente, melhorar a produtividade de todos os colaboradores.

Com uma equipe motivada, você consegue fazer com que eles desempenhem melhor as suas atividades e, ainda, ofereçam insights que visam o bom desenvolvimento dos processos hospitalares, como boas práticas para redução de custos, melhores jornadas de trabalho, entre outras ideias que ajudam a estimular a produtividade e o bom convívio entre líderes e colaboradores.

A motivação é sinônimo de produtividade. Quanto mais motivada a equipe estiver, mais as tarefas serão executadas com êxito, agilidade e eficiência.

Como você pode perceber, a gestão de pessoas na saúde é um desafio diário. Isso porque lidar com pessoas não é algo tão simples assim, o que faz com que muitas decisões sejam tomadas de maneira equivocada quando não são analisados os pontos mencionados acima. 

Como um bom gestor, você precisa estar atento às necessidades dos seus colaboradores para que eles se sintam satisfeitos em seu ambiente de trabalho. Do contrário, a instituição corre o risco de perder talentos e, ainda, ter que lidar com equívocos que prejudicam a imagem de todos os os profissionais envolvidos.

Agora que você já conhece a importância da gestão de pessoas na saúde, é hora de entender o que é psicologia organizacional e do trabalho e como ela atua. Boa leitura!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Redimensionar Fonte
Contraste